E o tal do tempo



A natureza, assim como o todo está em eterna transformação. O tempo, é que faz com que contemos os dias, meses e até anos que levam cada uma dessas mudanças. Ele é um elemento que nos controla e também controla tudo ao nosso redor, que esteve presente desde o início das coisas.

A cada hora que passa, uma pequena parte da nossa vida se vai com o tempo e é como se ele “engolisse” para si, como uma maneira de sobreviver ou de manter o passado, o ocorrido escondido em suas fendas ou apenas deixado de lado por nós muitas vezes.

O tempo não é o vilão.  Ele pode curar uma ferida ou enxugar lágrimas que derramamos ao longo da vida por vários motivos. Ele é quem cria a nossa história, que faz sermos o que somos hoje, que “devora” nossas experiências e os deixam presas em nossa memória como uma espécie de livro, que podemos consultar sempre.

Cada cheiro, invenção, descoberta que o ser humano faz está sujeito ao “senhor tempo”. O tempo dá tudo ao ser humano, somos dependentes dele. Somos dependentes de certa forma, que desde que existe a noção do tempo, o homem vem buscando maneira de voltar, ir adiante, controlá-lo ou até mudá-lo, o que ainda não é possível.

Em uma situação atual, o homem se tornou totalmente dependente do tempo, controlando o quanto dorme, que horas sai, quando volta pra casa.  Onde “nada de cria ou se perde, tudo se transforma” vemos o agente transformador de tudo. O tempo nos constrói uma vida e assim, cabe a nós aproveitarmos e seguirmos o melhor caminho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

- não me importo que coloque a URL do seu blog, faço questão que coloque, mas tenha o trabalho de ler e comentar direitinho
- nada de xingamentos ou palavreado de baixo calão
- críticas ou sugestões serão aceitas, desde que sejam construtivas
- não aceito "estou segundo, sigo de volta", todo mundo merece um bom comentário

Você também pode gostar:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©